Governo do Estado do Espírito Santo
19/02/2021 15h00 - Atualizado em 19/02/2021 15h47

Coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil, Cel BM André, realiza reunião com Prefeitura e COMPDEC de Piúma.

Na manhã de hoje (19), O Coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil, Coronel André, recebeu representantes da Prefeitura e da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Piúma e membros da Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (SEDURB).

Na ocasião, a COMPDEC de Piúma solicitou apoio à Defesa Civil Estadual para dar prosseguimento ao processo de contenção de erosão marinha na orla central do Município, situada na Avenida José de Vargas Scherrer, também conhecida como Avenida Beira Mar.  

A erosão marinha é um “processo de desgaste, transporte e sedimentação de rochas e solos litorâneos por agente erosivos, causada pela ação de três fatores: ondas, correntes e marés e se encontra em todo o litoral brasileiro, se tornando mais intensa em decorrência da ocupação desordenada de regiões costeiras, do aquecimento global (e consequente elevação do nível do mar) e da retirada de areia para uso em pavimentação e aterros sanitários”.  

A grave situação de degradação da orla é ocasionada pelas marés que fez com que diversos pontos do calçadão cedessem, deixando outros pontos em grave risco. O mar agitado avança cada dia mais, deixando a orla sem ciclovia e calçada, fazendo com que os pedestres, ciclistas e motoristas ocupem o mesmo espaço, colocando em risco a segurança de todos.

Cabe salientar que, além dos danos causados à orla central de Piúma e, por consequência, o risco à população local, o prejuízo também afeta o turismo, que é muito forte no município, principalmente no verão.

Texto:

Cabo Thiago Miranda

E-mail: defesacivil@bombeiros.es.gov.br

Facebook: @defesacivilES

Instagram: @defesacivilestadual.es

Informações à Imprensa

Sesp: 3636-9937 / 99862-4006

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard
Script LAI