23/02/2018 11h50 - Atualizado em 23/02/2018 12h05

Defesa Civil participa de campanha de aleitamento materno

Como parte essencial dos direitos humanos fundamentais, a amamentação é um componente essencial do cuidado infantil e contribui para o desenvolvimento psicossocial e crescimento saudável e ainda contribui com o direito das mulheres à saúde, ao reduzir o risco de contrair câncer de mama e ovário, anemia por deficiência de ferro e fratura de quadris.

Até os seis meses de vida a criança pode ser alimentada exclusivamente com leite materno sem necessidade de oferecer outros alimentos, entretanto, quando a mãe não pode amamentar seu bebê por diversos motivos, é necessário buscar alternativas para que este alimento não falte aos pequeninos.

Sabendo disso, o Corpo de Bombeiros Militar, por meio da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, das Regionais de Proteção e Defesa Civil da Grande Vitória, da Assessoria de Comunicação e da Seção Apoio Psicossocial, se uniu ao Hospital da Polícia Militar do Espírito Santo, para garantir que este alimento chegue aos que necessitam.

Durante todo o ano de 2018, o Corpo de Bombeiros Militar apoiará o Banco de Leite Humano do Hospital da Polícia Militar recolhendo o leite materno na residência das doadoras voluntárias da Grande Vitória.

Saiba mais:

O Banco de Leite Humano do HPMES está aberto de segunda a sexta-feira, das 07 às 18 horas, atendendo e orientando a todas às mães que procuram seus serviços.

O leite recolhido é encaminhado para maternidades de diversos hospitais da Grande Vitória e contribui significativamente para suprir as necessidades de recém-nascidos e crianças cujas mães não têm condições de amamentá-las.

Procure o Banco de Leite do HPMES e seja uma doadora! Contato: 27 3636-6568

Corpo de Bombeiros Militar “Vida alheia  e riquezas salvar!”

Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Espírito Santo

 

Informações à imprensa:

SESP: (27) 3636 9937 / 99862-4006

 

Facebook: DefesaCivilES

#CompartilheoBem

#SomosTodosBombeiros

 

Texto: Dione Henrique Duarte

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard